PROBLEMAS COMUNS

Como acabar com o medo de fogos de artifício?

por Equipe de Comunicação
|
Compartilhe:

A audição dos cachorros é aproximadamente seis vezes maior do que a de humanos. Por isso, eles são tão sensíveis a barulhos.

Durante as festas de final de ano, que estão chegando, os pets podem ficar bastante assustados com fogos de artifício e com outros sons altos.

Veja as dicas que separamos para acabar com esse medo de uma vez por todas!

Identificação

O primeiro passo é identificar quais são os ruídos que provocam medo no pet. Detectar é fácil: note se o animal está pedindo mais atenção do que o normal, se está babando, se escondendo, tremendo ou tentando fugir nos momentos desses barulhos.

Dessensibilização

Procure os ruídos (na internet) que dão medo no seu pet e inicie os treinos. Escolha um local em que ele se sinta seguro e comece o treinamento com o som baixo, dando um petisco bem gostoso a ele simultaneamente.

Alterne as maneiras de oferecer as guloseimas. Você pode dar um brinquedo recheado de petiscos gostosos ou até mesmo jogá-los no chão. O importante é que o cachorro fique distraído com isso.

Aumente o som do ruído, de forma gradativa. Se o pet ficar desconfortável diminua-o novamente. O treino funcionará enquanto o animal estiver distraído com os petiscos.

Comandos que ajudam

Os treinos de dessensibilização devem ser descontraídos e divertidos para que os pets associem esses barulhos a momentos prazerosos. Por isso, você pode ensinar o cão a sentar, deitar e dar a pata, além de fazer brincadeiras. Nunca brigue com o pet quando ele tiver alguma crise de medo, tenha paciência e empatia!

Posicionamento do tutor

O papel do tutor, nessas situações, é transmitir segurança aos seus pets. Por isso, é importante controlar as emoções e movimentos muito bruscos. Também é fundamental associar os barulhos a algo positivo, então, dê petiscos gostosos a ele nesses momentos.

Se necessário, procure um veterinário para prescrever alguma medicação (em casos extremos).

Se você achar esse treino complexo demais, a ajuda de um adestrador profissional é sempre bem-vinda!

Fonte: Cães & Cia.

Encontre por tipo de Mídia:


Live nas mídias sociais da Veja SP

https://www.facebook.com/vejasp/videos/10156808...

Veja a live que Alexandre Rossi participou nas mídias da Veja SP, tirando algumas das dúvidas mais frequentes dos tutores.

Alexandre dá dicas sobre animais ansiosos

https://www.facebook.com/Alexandreprossi/videos...

Assista a live que o especialista preparou para tirar dúvidas de tutores.

Como contar os anos de vida de cães e gatos

vejasp.abril.com.br...

Sabemos que a expectativa de vida dos pets não acompanha a dos humanos. Será que é possível fazer uma previsão?

SE VOCÊ É UM DONO: FESTEIRO

FESTAS...

Mantém a casa sempre movimentada? A melhor saída é buscar cães de companhia, mais tranquilos e menos territorialistas, como o golden retriever, o labrador, o spitz alemão, o maltês, o shih tzu, o west highland white terrier e o lhasa apso.

Pets e crianças com necessidades especiais

Alexandre Rossi conta os benefícios que os animais trazem para a vida de uma criança especial.

Como adotar um cão?

Adotar um animal é um ato de amor e compaixão, mas que precisa ser bem pensado. Descubra mais com Alexandre Rossi.

Como estimular os gatos a beberem mais água?

O Dr. Pet explica a importância da água para os felinos e dá dicas para estimular a sua ingestão.

Pets que ajudam na educação das crianças

Deixar que as crianças realizem tarefas relacionadas ao bichinho de estimação pode ser uma ótima ideia para ensiná-los a ter responsabilidade.

Alexandre e Estopinha no programa Rock a 3

Ouça a entrevista do especialista na rádio Kiss FM.

Campanha reforça a presença do veterinário no núcleo de apoio à saúde familiar

O CRMV criou a campanha “Saúde é uma só” com o intuito de incluir o médico veterinário em ações de prevenção à saúde voltadas às famílias.

Como e quando usar recompensas para treinar cães e gatos?

Entenda a importância do reforço positivo para a boa convivência do pet com a família!

O melhor tipo de tosa para o seu cachorro

Conheça mais sobre recorte e tintura canina e saiba que cuidados ter na hora da tosa.

Alexandre para revista Contigo: adestrar para melhorar a convivência no lar

https://contigo.uol.com.br/

Veja a coluna da Cãotigo de agosto.

SE VOCÊ É UM DONO: AVENTUREIRO

AVENTUREIRO

Algumas raças indicadas são o border collie, o beagle, o labrador e o golden retriever.

SE VOCÊ É UM DONO: AGITADO

AGITADO

Vale procurar raças mais independentes, como o akita, o husky siberiano, o chow-chow e o pug.

SE VOCÊ É UM DONO: CARENTE

CARENTE

o labrador, cocker e o yorkshire adoram um cafuné e trocam tudo para deitar nos pés de seus tutores.