GATOS

Gatos são animais antissociais?

por Equipe de Comunicação
|
Compartilhe:

Existe um mito de que os gatos são animais antissociais, porém, quem tem um gatinho em casa pode acabar discordando desta afirmação.

Alguns estudos científicos mostram que filhotes que são criados em grupo têm mais chances de sobreviverem, portanto, mesmo sem influência humana, eles são animais que estabelecem vínculos com outros da mesma espécie.

Já no relacionamento com humanos, é mais difícil ver os gatos se comportando da mesma forma que os cachorros em relação ao tutor. Contudo, isso não significa que eles são animais antissociais e que não criam nenhuma afinidade com as pessoas.

Apesar de os gatos enxergarem os humanos como um igual, sem nenhuma hierarquia, eles criam, sim, laços e vínculos com seus tutores e pessoas que moram na mesma casa. O que ocorre é que cada gato tem a sua personalidade, ou seja, alguns são mais dependentes de seus tutores do que outros.

Uma dica para tentar deixar o gatinho mais sociável é aproveitar o período entre a segunda e a sétima semana de vida do filhote, que é chamado de sociabilização primária, pois influencia no comportamento dele por toda a vida.

Conclusão

Os gatos são animais sociais e tendem a viver em grupo, criando vínculos com outros bichos - sendo da mesma espécie ou não - e com humanos também. Aproveite as suas primeiras semanas de vida para acostumá-lo ao contato e para sociabilizá-lo com a família e amigos.

Fonte: livro O segredo dos gatos - página 25.

Encontre por tipo de Mídia:


Live nas mídias sociais da Veja SP

https://www.facebook.com/vejasp/videos/10156808...

Veja a live que Alexandre Rossi participou nas mídias da Veja SP, tirando algumas das dúvidas mais frequentes dos tutores.

Alexandre dá dicas sobre animais ansiosos

https://www.facebook.com/Alexandreprossi/videos...

Assista a live que o especialista preparou para tirar dúvidas de tutores.

Como contar os anos de vida de cães e gatos

vejasp.abril.com.br...

Sabemos que a expectativa de vida dos pets não acompanha a dos humanos. Será que é possível fazer uma previsão?

SE VOCÊ É UM DONO: FESTEIRO

FESTAS...

Mantém a casa sempre movimentada? A melhor saída é buscar cães de companhia, mais tranquilos e menos territorialistas, como o golden retriever, o labrador, o spitz alemão, o maltês, o shih tzu, o west highland white terrier e o lhasa apso.

Pets e crianças com necessidades especiais

Alexandre Rossi conta os benefícios que os animais trazem para a vida de uma criança especial.

Como adotar um cão?

Adotar um animal é um ato de amor e compaixão, mas que precisa ser bem pensado. Descubra mais com Alexandre Rossi.

Como estimular os gatos a beberem mais água?

O Dr. Pet explica a importância da água para os felinos e dá dicas para estimular a sua ingestão.

Pets que ajudam na educação das crianças

Deixar que as crianças realizem tarefas relacionadas ao bichinho de estimação pode ser uma ótima ideia para ensiná-los a ter responsabilidade.

Campanha reforça a presença do veterinário no núcleo de apoio à saúde familiar

O CRMV criou a campanha “Saúde é uma só” com o intuito de incluir o médico veterinário em ações de prevenção à saúde voltadas às famílias.

Como e quando usar recompensas para treinar cães e gatos?

Entenda a importância do reforço positivo para a boa convivência do pet com a família!

O melhor tipo de tosa para o seu cachorro

Conheça mais sobre recorte e tintura canina e saiba que cuidados ter na hora da tosa.

SE VOCÊ É UM DONO: COM CRIANÇAS

O mais recomendado é buscar cães dóceis e de grande porte, que aguentem brincadeiras mais brutas, como o bull terrier, por exemplo, que é um cachorro forte, mas extremamente dócil com crianças.

Alexandre para revista Contigo: adestrar para melhorar a convivência no lar

https://contigo.uol.com.br/

Veja a coluna da Cãotigo de agosto.

SE VOCÊ É UM DONO: AVENTUREIRO

AVENTUREIRO

Algumas raças indicadas são o border collie, o beagle, o labrador e o golden retriever.

SE VOCÊ É UM DONO: AGITADO

AGITADO

Vale procurar raças mais independentes, como o akita, o husky siberiano, o chow-chow e o pug.

SE VOCÊ É UM DONO: CARENTE

CARENTE

o labrador, cocker e o yorkshire adoram um cafuné e trocam tudo para deitar nos pés de seus tutores.