PROBLEMAS COMUNS

Meu cão faz xixi fora do lugar para me provocar?

por Equipe de Comunicação
|
Compartilhe:

Muita gente pensa exatamente assim: meu cão fez xixi no meu travesseiro porque ficou bravo com a minha saída. Mas será que essa afirmação tem algum fundo de verdade?

Causas

Um cão já treinado e habituado a fazer suas necessidades em seu “banheiro” (aquele local especialmente preparado para tanto), onde ele já foi diversas vezes recompensado quando acertou e que, de repente, começa a fazer em outros locais da casa, precisa de uma avaliação para verificação do que pode estar ocasionando esse comportamento.

Vale, inclusive, uma consulta com o médico veterinário para averiguar se não se trata de alguma causa clínica.

Mas um motivo bem provável para esse comportamento pode ser a ansiedade de separação, aquele distúrbio que acomete cães que não ficam bem na ausência do tutor e apresentam diversos sintomas que demonstram essa condição, inclusive xixi fora do lugar.

Não é vingança

Nessa condição, o cão não está agindo motivado por um sentimento de rancor ou vingança ao urinar naquele local improvável da casa. Muito pelo contrário: a ansiedade gerada pela ausência do tutor o faz buscar locais onde o cheiro de seu dono esteja mais presente e, com o passar das horas, o nervosismo pode gerar aquele xixi em cima do travesseiro.

Não brigue com ele!

Ao chegar em casa e se deparar com um xixi em local inadequado, não brigue com o cão! Além de ele não associar a sua reação com o ato de ter feito o xixi, a situação só o deixará mais ansioso na próxima vez em que ficar sozinho em casa.

O que fazer?

A dica é tomar algumas providências para lidar com a ansiedade de separação. Uma delas é fazer o pet associar a sua saída com coisas legais. Deixar brinquedos que liberam a comida dele é uma boa opção para que se distraia e sinta boas sensações durante a sua ausência.

Aumentar a atividade física no dia a dia também ajuda a possibilitar que o pet passe boa parte do tempo descansando enquanto você está fora.

Portanto, se você notar um xixi fora do lugar enquanto seu cão esteve sozinho, não entenda isso como uma vingança por parte dele, mas sim como um sinal de que algo não vai bem e precisa ser averiguado.

Por Alexandre Rossi, zootecnista, especialista em comportamento animal e sócio-fundador da Cão Cidadão.

Fonte: Veja SP - Blog Bichos

Encontre por tipo de Mídia:


Live nas mídias sociais da Veja SP

https://www.facebook.com/vejasp/videos/10156808...

Veja a live que Alexandre Rossi participou nas mídias da Veja SP, tirando algumas das dúvidas mais frequentes dos tutores.

Alexandre dá dicas sobre animais ansiosos

https://www.facebook.com/Alexandreprossi/videos...

Assista a live que o especialista preparou para tirar dúvidas de tutores.

Como contar os anos de vida de cães e gatos

vejasp.abril.com.br...

Sabemos que a expectativa de vida dos pets não acompanha a dos humanos. Será que é possível fazer uma previsão?

SE VOCÊ É UM DONO: FESTEIRO

FESTAS...

Mantém a casa sempre movimentada? A melhor saída é buscar cães de companhia, mais tranquilos e menos territorialistas, como o golden retriever, o labrador, o spitz alemão, o maltês, o shih tzu, o west highland white terrier e o lhasa apso.

Pets e crianças com necessidades especiais

Alexandre Rossi conta os benefícios que os animais trazem para a vida de uma criança especial.

Como adotar um cão?

Adotar um animal é um ato de amor e compaixão, mas que precisa ser bem pensado. Descubra mais com Alexandre Rossi.

Como estimular os gatos a beberem mais água?

O Dr. Pet explica a importância da água para os felinos e dá dicas para estimular a sua ingestão.

Pets que ajudam na educação das crianças

Deixar que as crianças realizem tarefas relacionadas ao bichinho de estimação pode ser uma ótima ideia para ensiná-los a ter responsabilidade.

Alexandre e Estopinha no programa Rock a 3

Ouça a entrevista do especialista na rádio Kiss FM.

Campanha reforça a presença do veterinário no núcleo de apoio à saúde familiar

O CRMV criou a campanha “Saúde é uma só” com o intuito de incluir o médico veterinário em ações de prevenção à saúde voltadas às famílias.

Como e quando usar recompensas para treinar cães e gatos?

Entenda a importância do reforço positivo para a boa convivência do pet com a família!

O melhor tipo de tosa para o seu cachorro

Conheça mais sobre recorte e tintura canina e saiba que cuidados ter na hora da tosa.

Alexandre para revista Contigo: adestrar para melhorar a convivência no lar

https://contigo.uol.com.br/

Veja a coluna da Cãotigo de agosto.

SE VOCÊ É UM DONO: AVENTUREIRO

AVENTUREIRO

Algumas raças indicadas são o border collie, o beagle, o labrador e o golden retriever.

SE VOCÊ É UM DONO: AGITADO

AGITADO

Vale procurar raças mais independentes, como o akita, o husky siberiano, o chow-chow e o pug.

SE VOCÊ É UM DONO: CARENTE

CARENTE

o labrador, cocker e o yorkshire adoram um cafuné e trocam tudo para deitar nos pés de seus tutores.