BRINCADEIRAS

Veja SP: Alexandre fala sobre distrações para o pet

por Equipe de Comunicação
|
Compartilhe:

Cada vez mais, os nossos pets estão sendo considerados membros da família e vivendo bem próximos de seus tutores. Nas grandes cidades, não é incomum que pessoas morem com o seu cão ou gato em um apartamento ou espaços reduzidos.

Se alguns cuidados não forem tomados, o tédio pode gerar distúrbios comportamentais que comprometem o bem estar do pet, como a ansiedade de separação, cujos sintomas vão desde latir em excesso quando deixado sozinho até a destruição de móveis e de objetos da casa.

Dessa forma, proporcionar atividades com brinquedos ajuda bastante, especialmente para a prevenção desses problemas, pois, uma vez que surge o gatilho para o distúrbio, ficará mais difícil tratá-lo.

Algumas ideias são simples e rápidas de fazer. Mesmo com um espaço reduzido, dá para deixar o dia a dia dos pets mais ativo! Vamos às dicas.

Garrafa pet

A boa e velha garrafa pet pode ser reutilizada para se transformar em um brinquedo divertido para os cães!

Ela não precisa ser usada apenas daquela forma tradicional, na qual alguns furos são feitos para que os grãos de ração ou petisco saiam ao haver movimento (lembrando sempre de tirar a tampa, o rótulo e o lacre da garrafa). Também pode ser amarrada em algum local mais alto para que o cachorro precise bater nela para as guloseimas caírem.

Essa é uma forma de deixar a brincadeira mais ativa. Mas cuidado: a corda ou o barbante deve ser amarrado a uma altura segura para o cão, para que ele não consiga se enrolar neles.

Rolinhos de papel

Rolinhos de papel higiênico ou de papel toalha podem ser muito divertidos para cães e gatos! Como?

Para gatos, basta montar uma espécie de pirâmide e colocar a ração dentro. Eles deverão farejar o alimento e usar as patinhas para tirar os grãos e, então, comer. É uma maneira simples e prática de deixar a alimentação mais ativa.

Já para cães, pode-se fazer “pacotinhos” com os rolos e colocar itens saborosos dentro. Para comer, eles terão que destruir o “pacote” até chegar aos petiscos. Lembrando que, se o cão engolir alguns pedaços de papelão durante o processo, não há grandes problemas, mas fique atento se ele for um devorador nato de itens não comestíveis.

Outras atividades

Lembrando que outras atividades no dia a dia são também muito importantes para manter a qualidade de vida dos nossos pets. Exercício físico desempenha um papel essencial neste quesito, ou seja, um bom passeio para o cachorro, além de prateleiras e locais onde os gatos possam subir e escalar, fazem parte das medidas para deixar a vida deles sempre divertida e saudável.

Fonte: Veja SP - Blog Bichos

Encontre por tipo de Mídia:


Live nas mídias sociais da Veja SP

https://www.facebook.com/vejasp/videos/10156808...

Veja a live que Alexandre Rossi participou nas mídias da Veja SP, tirando algumas das dúvidas mais frequentes dos tutores.

Alexandre dá dicas sobre animais ansiosos

https://www.facebook.com/Alexandreprossi/videos...

Assista a live que o especialista preparou para tirar dúvidas de tutores.

Como contar os anos de vida de cães e gatos

vejasp.abril.com.br...

Sabemos que a expectativa de vida dos pets não acompanha a dos humanos. Será que é possível fazer uma previsão?

SE VOCÊ É UM DONO: FESTEIRO

FESTAS...

Mantém a casa sempre movimentada? A melhor saída é buscar cães de companhia, mais tranquilos e menos territorialistas, como o golden retriever, o labrador, o spitz alemão, o maltês, o shih tzu, o west highland white terrier e o lhasa apso.

Pets e crianças com necessidades especiais

Alexandre Rossi conta os benefícios que os animais trazem para a vida de uma criança especial.

Como adotar um cão?

Adotar um animal é um ato de amor e compaixão, mas que precisa ser bem pensado. Descubra mais com Alexandre Rossi.

Como estimular os gatos a beberem mais água?

O Dr. Pet explica a importância da água para os felinos e dá dicas para estimular a sua ingestão.

Pets que ajudam na educação das crianças

Deixar que as crianças realizem tarefas relacionadas ao bichinho de estimação pode ser uma ótima ideia para ensiná-los a ter responsabilidade.

Campanha reforça a presença do veterinário no núcleo de apoio à saúde familiar

O CRMV criou a campanha “Saúde é uma só” com o intuito de incluir o médico veterinário em ações de prevenção à saúde voltadas às famílias.

Como e quando usar recompensas para treinar cães e gatos?

Entenda a importância do reforço positivo para a boa convivência do pet com a família!

O melhor tipo de tosa para o seu cachorro

Conheça mais sobre recorte e tintura canina e saiba que cuidados ter na hora da tosa.

SE VOCÊ É UM DONO: COM CRIANÇAS

O mais recomendado é buscar cães dóceis e de grande porte, que aguentem brincadeiras mais brutas, como o bull terrier, por exemplo, que é um cachorro forte, mas extremamente dócil com crianças.

Alexandre para revista Contigo: adestrar para melhorar a convivência no lar

https://contigo.uol.com.br/

Veja a coluna da Cãotigo de agosto.

SE VOCÊ É UM DONO: AVENTUREIRO

AVENTUREIRO

Algumas raças indicadas são o border collie, o beagle, o labrador e o golden retriever.

SE VOCÊ É UM DONO: AGITADO

AGITADO

Vale procurar raças mais independentes, como o akita, o husky siberiano, o chow-chow e o pug.

SE VOCÊ É UM DONO: CARENTE

CARENTE

o labrador, cocker e o yorkshire adoram um cafuné e trocam tudo para deitar nos pés de seus tutores.